Manifesto da Preguiça


Mais do que membros de uma sociedade, somos parte da natureza. Não somos feitos para o trabalho diário e massacrante, que nos tira totalmente a autenticidade e acaba por obstruir tesouros genuínos como a criatividade e a alegria de estar no mundo. Por isso, Gioconda convida você a fazer uma pausa. Sem cobranças e sem julgamentos. Pare por alguns momentos, inicialmente. Veja como é se envolver com a natureza da sua vida e permanecer nesse lugar sem culpa. Seja neste momento quem você realmente é. Você pode ter o seu tempo para sentir e elaborar as coisas, das mais fáceis às mais complexas. Num respiro de silêncio, pode caminhar sem rumo sendo a sua melhor companhia. Nesse lugar, é possível aprender a dizer sim ou não, sempre em acordo com a verdade do seu ser e sem medo das interpretações que vêm de fora. Livre, você pode se dar ao direito de experimentar tudo o que deseja. Esse é um movimento que pode ser feito passo a passo, um dia de cada vez. Mas permita-se parar. E então apreciar não só que está ao seu redor, mas principalmente o que emerge de dentro de você. Esse é o manifesto da Gioconda a favor da preguiça.

 

 

Comments are closed