Como resgatar o seu próprio tempo?

Você se sente refém do tempo ou se sente longe de onde quer chegar?
Você tem frequentemente a sensação de estar sempre em falta com alguém e inclusive com você mesma?
Você sente que é dominada pela autocobrança e por mais que trabalhe nisso ainda se vê preocupada e apegada à expectativa do outro?
Você já provavelmente recorreu à soluções como yoga e meditação e mesmo assim se sente desconectada do seu verdadeiro EU?


Saiba que você pode reverter essa distância entrando mais em contato com sua natureza através de simples mudanças de hábitos.
Você pode construir uma vida em que você está no centro dela.
Você pode sentir mais satisfação na sua rotina diária e também ser capaz de se comunicar e expressar suas necessidades e seus limites.
Resgatar o tempo para si mesmo é uma tática gratuita e ao mesmo tempo transgressora que traz muitos benefícios à sua saúde mental e ao seu equilíbrio emocional.

Quando você recupera o tempo para você mesmo, você acessa:

➜ Uma percepção mais profunda de si mesma
➜ Uma sintonia mais profunda com a natureza
➜ Uma relação mais profunda com o transcendente (a espiritualidade, o mundo imaterial)
➜ Maior sensação de liberdade
➜ Aumenta o seu poder criativo


Enquanto marca, falamos muito sobre a importância de ter nosso próprio tempo e da PAUSA, através da nossa comunicação nas redes sociais. Estimulamos e provocamos através das nossas peças, momentos para o ócio, para serem dedicados à observação e à contemplação – e porque não também, uma oportunidade de cultivar o prazer pelo simples prazer?

Falar sobre isso é simples e está se tornando um tema até batido atualmente, mas para Gioconda esse é mais do que um assunto importante, é essencial, é o ponto motim de construção da marca. Por isso, decidimos mergulhar na questão e abordar aqui o que é o resgate do tempo para o próprio deleite e usufruto, e o que isso envolve. Porque precisamos resgatá-lo, o que nos impede de ter essa autonomia e como alcançar uma harmonia com os nossos ritmos, longe de metas e modismos oferecidos pelo mercado.


Acreditamos que a melhor maneira de ajudar você nesse desafio é oferecendo algo prático na forma de um guia de instruções que vai te auxiliar na criação do SEU momento de PAUSA e que você possa aplicar esse ritual libertador no seu dia a dia.


Baixe o arquivo, imprima e carregue ele com você!


É gratuito! Você só precisa do seu corpo e da sua intenção para essa tarefa! Carregue ele para qualquer lugar com você para se guiar e se lembrar da necessidade de “resgatar o seu próprio tempo”. Siga as instruções e você será agraciada pelo sentimento de liberdade e conexão consigo mesma.

Mas antes de tudo é fundamental fazermos um exercício interior para que a prática seja mais efetiva. Digamos que como pré-requisito existe um trabalho mental antes da ação em si, que tem como finalidade alterar nossa forma de pensamento.


Estamos extremamente treinados e doutrinados a estar em ação o tempo todo, portanto a tentativa de retomar o tempo para nós mesmos é um desafio enorme e uma atitude um tanto quanto subversiva.


Esse primeiro exercício trata-se de nos libertar do que acreditamos ser bom, permitido e saudável para nós, sob a influência dos padrões culturais e sociais que estamos imersos. Entender que certos hábitos e atitudes repetidas diariamente em massa não foram individualmente definidas, mas sistemicamente impostas, e nós as reproduzimos sem nos dar conta que afetam nossa própria natureza e singularidade é intrínseco à essa mudança de pensamento inicial.


A partir disso, precisamos incorporar essas transformações de forma profunda ao nosso âmago ao ponto de torná-las naturais e essenciais à nossa existência. Você pode criar um mantra para ser repetido sempre que o sentimento de culpa ou de não merecimento ameaçar te visitar. Vamos lá!

➜ Você pode ter um momento para si mesmo, isso só lhe traz benefícios
➜ É completamente seguro não se sentir produtivo ou progredindo em algo
➜ Você pode ter controle sob seu próprio tempo
➜ O seu ritmo deve ser estabelecido por você e não por fatores externos
➜ Você é livre para criar seu fluxo de trabalho e ter seus momentos de PAUSA


Ao assumirmos interiormente essas novas definições conseguiremos pouco a pouco nos libertar do conjunto de leis criadas pelo imaginário subjetivo que nos impõe regras e condições para vivermos em sociedade, que muitas vezes estão impregnadas de moralismos e alienação.
Atentem-se inclusive para questões que estão disfarçadas de amor próprio e auto-cuidado como já discutimos no Cuidado com o Autocuidado. Esses gatilhos comercialmente explorados são muitas vezes usados como mais uma ferramenta que nos tornam escravas de produtos e condutas que não necessariamente correspondem às nossas necessidades.

Nosso corpo e especialmente nosso cérebro é refrescado por novas idéias e soluções quando paramos de agir no piloto automático.
Na verdade, esses momentos de pausa são muito produtivos, mesmo que não pareçam ser. Eles nos fazem ver as coisas e os problemas sob uma perspectiva nova e diferente, e com isso podemos viver mais em sintonia com as nossas verdades e começar a agir ou deixar de reagir da forma como costumávamos fazer.


Rotinas diárias cheias de tarefas e demandas físicas deixam a nossa mente estressada, nosso fluxo sanguíneo obstruído e, como consequência, nosso campo energético fica estagnado, não permitindo que os pensamentos tóxicos se desprendem para que outros entrem.


Estando em harmonia com seus ritmos internos, você é capaz de trabalhar com os sentimentos e pensamentos ordinários de forma que eles sempre te ensinem ou te levem à uma aproximação maior de sua própria natureza.
Você é livre para customizar esse ritual de acordo com os seus desejos e particularidades, o essencial é manter a intenção focada e os seus objetivos claros.

Clique na imagem abaixo para montar o guia e em forma de livro:

Siga esse passo a passo junto com a sua intuição para montar o seu guia em forma de livro de bolso 🙂


Esse ritual só trará resultados se for praticado de maneira consistente e aplicável no seu estilo de vida. Aprender a se escutar e determinar seu próprio ritmo não é tarefa fácil e muito menos acessível à todos, mas pode trazer benefícios imensuráveis quando conquistados. Além disso, ele não substitui a meditação nem outras práticas que tem como objetivo o despertar da consciência, mas junto com outras práticas que vamos disseminar por aqui, podem ser muito frutíferos e eficazes.

Adote esse ritual se ele fizer sentido pra você e passe adiante! Compartilhe o resultado dessa prática com a gente e com outras pessoas nas redes sociais, marque a Gioconda, queremos saber como tem sido o efeito dele na sua vida!

#ritualdapausa

Comments are closed